[ editar artigo]

Análise técnica ou análise fundamentalista. Qual é a melhor e quais as diferenças?

Análise técnica ou análise fundamentalista. Qual é a melhor e quais as diferenças?

Muito se discute a diferença entre a análise técnica (também conhecida como análise gráfica) e a fundamentalista e o tema é bastante polêmico.

Defensores da análise técnica desdenham a análise fundamentalista e os defensores da análise fundamentalista desdenham a análise técnica. É quase como um Fla x Flu.

No entanto, apesar dessas desavenças, muitas dúvidas ainda pairam na mente dos investidores, principalmente no tocante às diferenças entre uma e outra e qual estratégia adotar no momento de analisar uma ação.

 

Diferença entre análise técnica e análise fundamentalista

A principal diferença entre as escolas é que investidores que operam com base em análise técnica geralmente buscam retornos a curto prazo.

Praticamente todos os day traders, isto é, aqueles que compram e vendem ações dentro do mesmo dia objetivando ganhos de curtíssimo prazo, as vezes em questão de segundos ou minutos, normalmente (ou sempre) operam através da análise técnica.

Já os investidores que operam com base na análise fundamentalista geralmente objetivam retornos mais a médio e longo prazo, que podem levar semanas, meses, anos, ou até décadas.

Porém, esta não é uma regra inviolável. Nada impede que uma pessoa, exclusivamente com base na análise fundamentalista, faça uma operação de day trade de curtíssimo prazo ou um trade rápido de 1 ou 2 dias. Em igual forma, nada impede que uma pessoa, exclusivamente com base na análise técnica, faça uma operação de médio e longo prazo. Porém, como já mencionado, esta não é a norma geral, conforme adiante será explicado.

 

Características da análise técnica

A principal característica da análise técnica é a leitura do gráfico da ação e como ele se comporta.

Por meio do gráfico, a análise técnica consegue observar padrões que geralmente se repetem com o tempo e com isso, te permite estimar qual será o comportamento de determinada ação, contrato futuro, contrato de opção, ou índice no curtíssimo prazo, inclusive nos próximos segundos, minutos e horas.

Outra característica da análise técnica consiste em prever o comportamento dos agentes de mercado. Isso porque a bolsa de valores nada mais é do que um conjunto de decisões tomadas por milhões de investidores de forma simultânea, portanto, para a análise técnica, o valor de algum ativo negociado em bolsa significa apenas o reflexo da interação entre compradores e vendedores.

Em outras palavras, a análise técnica sabe que o mercado é composto de pessoas e que pessoas possuem padrões de comportamento que se repetem ao longo do tempo. Ou seja, a análise técnica tenta prever este comportamento e consequentemente o preço de determinado ativo negociado na bolsa de valores.

Se quiser saber mais a fundo como funciona a análise técnica, não deixe de conferir este post.

 

Características da análise fundamentalista

Já a principal característica da análise fundamentalista consiste em, como o próprio nome já diz, analisar o fundamento de determinado ativo, isto é, o seu balanço, seu fluxo de caixa, sua dívida, o perfil da sua dívida, o cenário macroeconômico, a governança corporativa, os executivos, entre outros.

Por meio da análise fundamentalista, investidores tomam decisões de investimento geralmente visando o médio e longo prazo e conseguem, inclusive, traçar alvos e um preço justo para determinado ativo.

A análise fundamentalista permite o descobrimento de verdadeiras barganhas dentro da bolsa, como também consegue te apontar quais ativos estão sobreavaliados, ou, em outras palavras, caros.

Quem utiliza a análise fundamentalista para pautar um investimento geralmente não está preocupado com oscilações de curto prazo, uma vez que de acordo com esta escola, tudo pode acontecer no curto prazo, como por exemplo uma sanção econômica contra determinado setor ou país, um escândalo de corrupção, um até mesmo uma pandemia (como vimos em 2020 e 2021). Esses eventos são catalisadores que podem influenciar diretamente no preço de uma ação no curto prazo, porém, quem investe com base na análise fundamentalista sabe que no longo prazo a cotação do ativo tende a acompanhar o seu resultado (o seu lucro).

Vejamos alguns exemplos.

Observem o comportamento do gráfico do lucro e da cotação de Taurus Armas (TASA4) do período de 2017 a 2020 (imagens retiradas do Status Invest):

Percebam que o lucro saiu da casa dos R$ 300 milhões negativos em 2017 para quase R$ 300 milhões positivos em 2020. Durante este mesmo período, o que será que aconteceu com a cotação da TASA4?

Saltou 746,99%, passando de R$ 1,83 em 02/01/2017 por ação para R$ 15,50 em 30/12/2020.

Agora, vejamos o que aconteceu com o lucro e a cotação da Cielo (CIEL3) do período de 2017 a 2020:

Percebam que o lucro líquido saiu da casa dos R$ 4 bilhões positivos em 2017 para aproximadamente R$ 300 milhões negativos em 2020. Durante este mesmo período, o que será que aconteceu com a cotação da CIEL3?

Caiu 78,28%, passando de R$ 18,23 em 02/01/2017 por ação para R$ 3,96 em 30/12/2020. 

Os exemplos acima não deixam dúvidas de que a cotação de uma empresa acompanha o seu lucro no longo prazo. No curto prazo, oscilações podem ocorrer (como podemos nos gráficos das cotações acima), porém, ao longo do tempo, ele sempre ira convergir para o resultado da ação. Quanto melhor o resultado, melhor a cotação, assim como quanto pior o resultado, pior será a cotação.

 

Análise técnica e análise fundamentalista: qual é a melhor? 

Dito isso tudo, qual então é a melhor? Análise técnica ou Análise fundamentalista?

Este é um embate muito antigo no mercado e a resposta honesta é que não existe melhor ou pior.

Ambas escolas possuem suas qualidades e seus defeitos e cabe a cada investidor decidir como irá utiliza-las. 

Geralmente, se você é um especulador e deseja ganhar dinheiro com a valorização de ativos no curto prazo, sugere-se a utilização da análise técnica. Do outro lado, caso você seja uma pessoa mais paciente e não se importa tanto com oscilações de curto prazo e deseja ganhar montantes mais expressivos no longo prazo, sugere-se a utilização da análise fundamentalista.

Porém, a melhor resposta para este questionamento é que não faz sentido se limitar à análise técnica ou análise fundamentalista de maneira isolada. Não faria muito mais sentido em vez de segregar uma da outra, utiliza-las em conjunto, aproveitando o melhor de cada uma delas?

E é justamente isso que fazemos no nosso grupo exclusivo do Money Talks. Nele, temos pessoas muito experientes em análise técnica e fundamentalista, que combinados os esforços, estão entregando resultados expressivos na bolsa de valores.

Quer saber como participar? Preencha este formulário para não ficar de fora do melhor grupo do mercado financeiro. Comece a ganhar dinheiro AGORA!

Virei Trader - Comunidade para traders
Ler conteúdo completo
Indicados para você