[ editar artigo]

Day Trade: Trade na Abertura em AZUL4

Day Trade: Trade na Abertura em AZUL4

Olá, amigo trader!

Seja bem-vindo ao meu primeiro post na comunidade.

Para conhecer mais sobre mim, acesse meu perfil do Virei Trader.

Para estrear, vou postar um day trade que fiz na manhã de hoje, dia 07 de Maio de 2019 em AZUL4.

Vou postar o passo-a-passo de minha análise para a entrada no trade, o gerenciamento do mesmo e uma auto-crítica ao final.

Escolha do Ativo para Day Trade

Para escolher o ativo que vou operar no dia, faço o seguinte:

Análise de Contexto

Primeira coisa: o dia vai ser, de forma geral, comprador ou vendedor?

Esta é uma pergunta muito importante, pois, dá o sentimento geral do mercado e, consequentemente, da direção dos ativos no dia.

Após o tweet do presidente Trump, no dia 5 de Maio, os mercados desabaram, incluindo o brasileiro, no dia 6.

No dia deste trade, dia 7, o mercado brasileiro amanheceu sangrando.

Então, minha decisão para o dia foi de operar no lado da venda.

Análise dos Ativos em Potencial para Day Trade

Com a decisão de agir no lado vendedor, passei meu screening da plataforma ProfitPro buscando ativos que tivessem abrido em gap de baixa.

Muito importante: gap de baixa não é uma abertura acima ou abaixo do fechamento do dia anterior.

Este é um erro conceitual muito comum cometido por praticamente todos traders que já tive contato.

Quando o ativo abre dentro do range do dia anterior e lá negocia, significa uma aceitação dos preços do dia anterior.

Quando o ativo abre fora do range do dia anterior e lá negocia, aí sim, estamos olhando para uma mudança de percepção de valor por parte dos participantes do mercado.

Rejeição e aceitação são dois conceitos muito importantes no trading, independente de seu estilo operacional ou timeframe.

Meu screening de gap de baixa procura por ativos que abram na mínima do dia anterior ou abaixo dela.

A partir de então seleciono entre 3 e 5 ativos para manter em minha watchlist.

Um destes ativos escolhidos foi a AZUL4.

Análise dos Ativos na Watchlist para Entrada no Trade

A entrada deste trade foi baseada em Tape Reading e Análise Técnica.

Agora o passo-a-passo para minha entrada foi a seguinte:

Passo #1: confirmação do gap de baixa.

Note acima como a AZUL4 abriu na mínima do dia anterior (nem um tick acima e nem abaixo), fez um movimento de alta e logo foi rejeitado.

Passo #2: análises dos fluxos de liquidez e agressão.

A AZUL4 mostrava um fluxo a favor dos vendedores.

Passo #3: análise do indicador MACD e de continuidade.

Mais uma confirmação: MACD sinalizou venda no dia anterior (dia 6) e no dia do trade (dia 7) mostrou continuidade.

Passo #4: entrada no trade.

Agora uma observação importante: este foi um trade que eu queria ter entrado no R$ 34,85, porém, por um erro operacional acabei entrando no R$ 34,70.

Agora, você deve estar pensando: "Apenas 15 centavos", ou "0,43%, que diferença faz?"

De fato, para quem não trabalha alavancado, não significa nada.

Para um position trader, menos ainda.

Entretanto, estava trabalhando com uma alavancagem de 34x, ou seja, esse 0,43% para mim era, na realidade, 14,63% da minha conta.

Ou seja, foi um trade que não entrei no preço ótimo e já deixando de ganhar 14,63%.

Gerenciamento do Trade

Por estar inseguro no meu preço de venda, acabei não gerenciando este trade da melhor forma.

Ao atingir os R$ 34,50, acabei fazendo uma parcial com 80% da minha posição, esta que costuma ser de apenas 30% (quando faço as coisas do jeito certo).

Quando o ativo bateu nos R$ 34,40 formando a nova mínima, percebi uma cessão da agressão vendedora e entrada de compradores, foi aí que decidi sair do trade no R$ 34,43.

Note como não foi o melhor gerenciamento possível.

Vou comentar mais adiante sobre isso.

Resultado Final

Apesar de não ter obtido o melhor resultado possível para este trade, ainda assim foi bem positivo.

O ganho no trade foi de apenas 0,62%, contudo, considerando a alavancagem foi um ganho de 16,5% no dia, o que é um bom resultado no day trade.

Erros Cometidos

Erro #1: meu primeiro e principal erro foi cometido na venda quando perdi os R$ 34,85. O fato de eu saber que não estava vendendo no melhor preço me deixou inseguro e levou aos próximos erros.

Erro #2: a primeira parcial de 80% foi exagerada. Quando trabalhamos muito alavancados nossa percepção de risco aumenta proporcionalmente à alavancagem. Mesmo assim, 80% foi muito. Quis compensar a venda ruim melhorando o preço-médio com esta parcial.

Erro #3: a saída total no R$ 34,43 foi outro erro. Apesar da liquidez deste ativo não ser das melhores, eu tinha muita proteção até chegar no meu preço-médio e o trade virar perdedor. Mesmo assim, o fluxo ainda estava ao meu favor, então não houve motivos reais para a saída além do medo do preço ruim na venda.

Considerações Finais

Apesar do trade não ter sido 100% bem executado, note como uma boa análise, sólida de fundamentos, proporciona bons ganhos.

Claro que este trade poderia ter me dado quatro vezes mais se tivesse começado da maneira correta, mas, não vamos ser gananciosos e negativos para não perceber o ganho de 16,5% em um dia.

Para conhecer mais o trabalho que realizamos na Day Trader Pro, acesse nosso blog.

Abraços e bons estudos!

Virei Trader
Guilherme Farina
Guilherme Farina Seguir

Seja bem-vindo ao meu perfil! Trabalho como trader e produzo conteúdos para a Day Trader Pro. Mantenho a mente aberta e intolerante a julgamentos. Mande mensagem se quiser conversar :D

Ler matéria completa
Indicados para você