[ editar artigo]

O BÊ-Á-BÁ DE AÇÕES

O BÊ-Á-BÁ DE AÇÕES

Com toda certeza você já deve ter ouvido falar sobre ações alguma vez na vida, e talvez o que você ouve é muito avançado, pois ainda te falta o básico sobre esse ativo. Pois bem, o objetivo desse artigo é te levar a conhecer sobre ações ainda que não saiba nada do assunto!

No mundo dos investimentos temos duas classes principais de ativos que são Renda Fixa e Renda Variável. Renda fixa é quando emprestamos dinheiro para algum emissor, seja para empresas (debêntures), Governo (títulos públicos) e instituições financeiras (CDB/LC/LCI/LCA/etc.), e as condições de devolução já são pré-estabelecidas no dia em que realizamos esse empréstimo. Já Renda Variável é quando nos tornamos sócios de algum negócio e não há condições de retorno pré-estabelecidos, porém há um maior potencial de lucro, e é nessa classe que as ações se encontram.

MAS O QUE É UMA AÇÃO?

Uma ação é a menor parcela de uma empresa. Assim como uma casa é a junção de muitos tijolos, imagine que uma empresa é a junção de muitas ações. Então quando compramos ações de uma empresa, compramos parte dela, logo, é como se tivéssemos nos tornado sócios minoritários da companhia, e assim temos direito aos lucros da empresa.

Mas você sabe por que empresas se listam na Bolsa para vender suas ações? Quando uma empresa entra para a Bolsa de Valores, dizemos que ela abriu seu capital. Geralmente o  motivo que a leva a fazer isso é querer levantar recursos para expandir seu negócio, pois muito mais vantajoso é uma companhia grande e com grandes projeções arrecadar recursos com investidores, pessoas que acreditam na empresa e que vão comprar as ações da mesma, do que conseguir isso através de empréstimos com instituições financeiras e pagar altos juros.

E COMO GANHAMOS DINHEIRO COM AÇÕES?

Há duas principais formas de ganhar dinheiro com ações:

Ganho de capital: O ganho de capital ocorre quando temos a valorização do papel que adquirimos, ou seja, compramos as ações de uma empresa por um determinado valor e as mesmas se tornaram mais caras.

Proventos: Por sermos sócios, temos direito à participação dos resultados! Ao fechar o ano cada empresa obtém o seu lucro, e o distribui periodicamente de acordo com o prazo estabelecido em seu estatuto e o valor a ser distribuído é de no mínimo 25% do seu lucro líquido ao ano.

E sabe o que é mais legal de investir em ações? É que as ações possuem uma assimetria de ganhos convidativa, ou seja, você pode perder no máximo 100% do seu capital, mas não há limites para o tanto que pode ganhar.

Para termos esses ganhos precisamos escolher boas ações. O seu objetivo em comprar ações deve ser escolher ações de empresas que, ao longo do tempo vão crescer e que hoje estão custando menos do que realmente valem. Essa escolha envolve um estudo sobre a empresa, sobre o setor em que está inserido, sobre o Mercado como um todo, etc. Nós utilizamos para comprar ações a análise fundamentalista, que engloba o estudo de valores qualitativos e quantitativos de uma empresa.

E COMO COMPRAR AÇÕES? ELAS SÃO ACESSÍVEIS?

As ações são negociadas na Bolsa de Valores, que é o ambiente que reúne compradores e vendedores. E o envio de ordens de compra e venda é feita através de um home broker de uma corretora.

No home broker você irá precisar inserir o ticker da ação, que é o código dela. Os códigos das ações são formados por quatro letras em caixa alta que fazem alusão à empresa, e um ou dois números que indicam o tipo de ação.

As ações são classificadas em:

ON – Ações ordinárias, aquelas que dão direito à voto (participação em assembleia na tomada de decisões da empresa). O número que indica esse tipo de ação é o 3.

PN – Ações preferenciais, aquelas que possuem preferência na distribuição de proventos e que não dão direito à voto. Os número que indica esse tipo de ação é o 4.

Units – É a junção de ações ordinárias e preferenciais. O número que indica esse tipo de ação é o número 11 (usualmente).

Se você acha que precisa de um grande capital para investir em ações, eu tenho uma boa notícia para você: dentro das mais de 300 empresas que temos listadas na bolsa, há ações que valem mais de R$200,00 e ações custando menos de R$10,00. Por isso ressaltamos que a arte de investir em ações é encontrar empresas que não estão em seu preço justo atualmente.

Um dos principais princípios que um investidor de sucesso deve seguir é o da diversificação, e é enfatizando isso que queremos finalizar nosso artigo. Em primeiro lugar, antes de se expor às ações, você precisa ter uma Reserva de Emergência completa (caixa que devemos possuir para atender imprevistos), e a partir daí, descobrir seu perfil de investidor e começar a montar uma carteira de investimentos baseada em seu perfil.

A diversificação deve estar presente tanto em sua carteira de investimentos, com uma porcentagem em renda fixa e outra em renda variável, como também em sua carteira de ações, variando entre diversos setores. E assim deve ocorrer com todos os tipos de ativos que investir, pois a diversificação te garante uma boa rentabilidade em médio e longo prazo, e diminui sua possibilidade de perda completa. Nunca esqueça: “não coloque todos os ovos em uma mesma cesta!”.

A você, desejamos sucesso nos investimentos!

Virei Trader - Comunidade para traders
LCO Invest
LCO Invest Seguir

LCO Invest - Empresa especializada em investimentos e educação financeira.

Ler conteúdo completo
Indicados para você