[ editar artigo]

O que é PEG Ratio? Como calcular e qual o seu significado

O que é PEG Ratio? Como calcular e qual o seu significado

O PEG Ratio é um indicador que nos trás a relação preço/lucro/crescimento de uma empresa, ou seja, uma relação preço/lucro dividida pela taxa de crescimento dos ganhos em determinado período.

O PEG Ratio serve para ir além do índice P/L, uma vez que também leva outra importante variável em consideração, o crescimento, deixando a análise mais rica e completa.

 

Como calcular o PEG Ratio?

 

Para calcular o PEG Ratio é bastante simples: basta calcular o índice P/L e dividi-lo pela taxa de crescimento do LPA (lucro por ação) dos últimos anos (growth rate, ou taxa de crescimento em inglês) da empresa.

Não sabe o que é o P/L ou como o calcular? Então não deixe de conferir este post em que falamos tudo a respeito deste importante indicador e inclusive ensinamos como calcula-lo.

Também não sabe o que é o LPA ou como o calcular? Então não deixe de conferir este post em que falamos tudo a respeito deste importante indicador e inclusive ensinamos como calcula-lo.

Por exemplo, se uma empresa possuir um P/L de 10 e uma taxa de crescimento de 0,32, significa que o seu PEG Ratio será de 0,32x. Não saber calcular a taxa de crescimento? Não se preocupe: digamos que o LPA de ação “X” do ano de 2021 seja de 1,50 e de 2020 seja 1,15. Assim, (1,50/1,15) -1 = 30,43%. Descoberta a taxa de crescimento, basta coloca-lo como denominador da equação, sendo o PEG Ratio = 10/0,304 = 0,32x.

Caso tenha dúvida de como o resultado foi de 0,32, é só dividir o resultado da divisão por 100.

 

Entendendo o PEG Ratio

Assim como o indicador P/L, quanto menor o PEG Ratio, melhor. Isso porque um PEG Ratio menor significa pagar um valor menor por unidade de crescimento dos lucros de determinada empresa, portanto, melhor é o valor da ação em relação ao seu preço.

Ou seja, geralmente um PEG Ratio baixo é um bom sinal. Experimente comparar o PEG Ratio de determinada empresa com outras do mesmo setor para saber qual delas possui o menor PEG Ratio.

Ainda não entendeu como o PEG Ratio pode ser um excelente indicador? Veja este exemplo:

Digamos que a empresa "A" possua um P/L de 20 e uma taxa de crescimento de 30%, logo, o seu PEG Ratio será de 0,66x. Já a empresa "B" possui um P/L de 30 e uma taxa de crescimento de 55%, logo o seu PEG Ratio será de 0,54x.

À primeira vista, e caso analisado apenas o P/L de maneira individual, poderíamos concluir que a empresa "B" é a mais cara, portanto, um pior investimento, já que o seu indicador preço/lucro (P/L) é 50% mais alto do que o da empresa "A". Porém, a empresa "B" possui uma taxa de crescimento 45% mais elevada que a da empresa "A", o que justifica pagar mais caro pelo lucro que ela gera.

 

Avaliando o PEG Ratio

Como dito acima, quanto mais baixo for o PEG Ratio, melhor. Existe uma regrinha de bolso - que obviamente não deve ser interpretada como verdade absoluta, mas apenas como um "norte" - de que empresas com PEG Ratio abaixo de 1 significam boas oportunidades de investimento, enquanto empresas com PEG Ratio acima de 1 significam más oportunidades de investimento.

Porém, sempre preste muita atenção ao contexto em que a empresa avaliada está. Jamais tome uma decisão de investimento com base em um indicador isolado. 

Por fim, assim como em outros indicadores, efeitos não recorrentes podem maquiar a performance do lucro de uma empresa em determinados períodos de tempo, levando o investidor a cair em certas armadilhas. Faça sempre o cálculo do PEG Ratio levando em consideração a mais quantidade de períodos histórico possíveis.

Virei Trader - Comunidade para traders
Ler conteúdo completo
Indicados para você