[ editar artigo]

Certificação CNPI: Analista de Investimentos

Certificação CNPI: Analista de Investimentos

Analista de Investimentos.

Turminha, quando eu comecei nesse mercado, há 14 anos, teve um profissional que eu sempre admirei muito, esse profissional chamava-se, Analista de Investimentos.

Todo analista de investimento precisa ter uma certificação, chamada CNPI (Certificado Nacional de Profissional de Investimentos) .

Quais os Tipo de Analistas?

O analista pode ser fundamentalista, técnico ou pleno.

  • O analista fundamentalista terá um viés voltado para balanços, DRE, valuation, saúde da empresa, análise setorial, etc...
  • O analista técnico utiliza a análise gráfica para analisar os ativos e efetuar suas recomendações.
  • O analista pleno detém as 2 certificações e por isso tanto terá a capacidade de fazer análises fundamentalistas quanto gráficas.

Ao longo do tempo acredito que os profissionais dessa área mudaram seus comportamentos e inclusive seu “lifestyle”, no começo era comum vermos os analistas mais formais, aquele cara que falava difícil e utilizava terno e gravata, fazia relatórios com linguajar extremamente técnico e que quem não tinha tanto conhecimento de análise nem conseguia entender tão bem. Você quase precisava de um curso de economia para entender os relatórios.

Como sempre gostei dessa área, eu buscava muito dos termos técnicos que eu não sabia, para aprender e compreender os relatórios, porém sempre achei q não era a melhor forma de comunicação com uma parte do mercado, ou pelo menos não era a única.

Com o passar do tempo a figura do analista se tornou algo muito menos informal, de fácil acesso e compreensão. Isso motivou e contribuiu para muita gente entrar nesse mercado.

Certificação de Analista de Investimentos

A certificação de analista de investimentos, chamada CNPI, é aplicada pela APIMEC.

“O analista, além de ser aprovado no exame de qualificação técnica, também deve obedecer ao código de conduta profissional da entidade que o credenciou. Com isto, é possível evitar situações de conflito de interesse, buscando informações idôneas e fidedignas, para usar como base de suas análises e recomendações, e mantendo independência em relação à pessoa ou instituição a qual estiver vinculado.” – *fonte: www.cvm.org.br

Essa certificação exige compromisso com extremo conhecimento técnico, compromisso com a ética e por isso julgo que é de extrema importância para o mercado.

Um dos meus propósitos e motivos para ter me tornado um analista de investimentos CNPI, foi justamente essa descomplicação do mercado e ajudar a torná-lo algo muito mais acessível para o pequeno investidor, para a massa, para o povo de uma maneira geral.

Infelizmente com essa popularização, chegaram muitos dos chamados “haters”, pessoas que criticam os analistas pois esses profissionais, devidos as regras da CVM, não operam ao vivo em conta real. O analista de investimento não pode operar em conta real as suas recomendações, existem algumas restrições para essas operações, porém caso essas recomendações não estejam no período de restrição ou sejam em outro ativo, não tem problema nenhum para o analista efetuar essas operações.

Esses profissionais são de extrema importância para que nosso mercado, não seja contaminado por pessoas de má fé.

Virei Trader - Comunidade de Day Trade
Ler matéria completa
Indicados para você