[ editar artigo]

Um Novo Choque do Petróleo?

Um Novo Choque do Petróleo?

As relações político-econômicas entre Estados Unidos e Irã há tempos não são amistosas. Depois da declaração do presidente norte-americano, considerando que a Guarda Revolucionária do Irã era um grupo terrorista, as tensões só aumentaram.

Estaríamos na iminência de um novo choque do petróleo?

A saída dos Estados Unidos do acordo nuclear com a permanência do Irã e demais signatários, contribuíram para que a relação entre ambos permanecessem tensas. Isto tem feito com que o governo norte-americano tenha aumentado a realizações de movimentações militares no Golfo Pérsico. 

A retórica iraniana diz que além de estar pronta para um eventual ataque militar norte-americano, afirma ter capacidade de vencer norte-americanos e israelenses. Os EUA, em contrapartida, retiraram de Bagdá (capital do Iraque) todo seu contingente não emergencial, temendo um ataque iraniano nesta localidade.

Para além do conflito entre os dois países, há relações complexas que aumentam ainda mais a tensão entre aliados dos EUA e o Irã. A Arábia Saudita também tem acusado o país persa de sabotagem de petroleiros; além disto, para sauditas e israelitas, o Irã ser deixado de lado pode levar ao crescimento da zona de influência do Irã na região o que não seria bem visto pelos dois países. Acreditam que quando Trump afirma que quer zerar as exportações de petróleo do país, seria excelente pois financeiramente o Irã não teria condições de fazer investimentos militares.

E as consequências para o Brasil?

Caso isto venha a acontecer, seriam bastante prejudiciais. A despeito de o país ser exportador da commodity, grande parte dos transportes de carga no país são feitos através de caminhões que usam diesel como combustível o que tenderia a encarecer o combustível e como repique, os produtos transportados, gerando pressões inflacionárias o que poderia levar a uma inflexão na política monetária brasileira.

Virei Trader - Comunidade de Day Trade
Ler matéria completa
Indicados para você